Skinboosters: conheça os benefícios da injeção de ácido hialurônico para a pele

O envelhecimento da pele provoca a diminuição de fibras colágenas e elásticas e, por causa disso, a pele fica mais fina, enrugada e desidratada, mas os skinboosters podem evitar os sinais da idade. Saiba como

Texto: Luciana Maluf, dermatologista

Como manter o viço e prevenir rugas e linhas de expressão | <i>Crédito: Shutterstock
Como manter o viço e prevenir rugas e linhas de expressão | Crédito: Shutterstock
O ácido hialurônico é a bola da vez quando o assunto é rejuvenescimento! Em aplicação injetável, conhecida como “skinbooster”, ele promove hidratação intensa na pele, restaurando o equilíbrio hídrico e auxiliando na melhora da qualidade geral do rosto, além de suavizar rugas e marcas de expressão deixando a pele firme e macia.

Os skinboosters (booster, em inglês, significa intensificador ou impulsionador) foram desenvolvidos com o objetivo de fornecer à pele colágeno, ácido hialurônico e outras substâncias e fibras que contribuem para firmeza, tônus, elasticidade e hidratação da pele - características que diminuem com o avanço da idade. 

Indicado para rejuvenescer o rosto, pescoço, colo e mãos, o ácido hialurônico presente nos skinboosters não produz volume ou preenche sulcos profundos. Eles devem ser usados em pequenas áreas de flacidez e ressecamento. Um programa de tratamento pode consistir, por exemplo, em três sessões feitas com intervalo de 15 a 30 dias. O ácido hialurônico é aplicado através de uma seringa com agulha bem fina em pontos específicos da face ou corpo. O tratamento devolve o brilho de maneira suave e natural, hidratando a pele de dentro para fora.

Seguro, este tratamento promove resultados imediatos e o melhor, harmônicos e de aspecto natural. O uso dos skinboosters pode ser associado com outros métodos para garantir melhor resultado, como fio silhouette, peeling, laser e luz pulsada.

O ácido hialurônico também passou a compor a fórmula de hidratantes e séruns. No entanto, os cremes têm um limite de penetração e, mesmo sendo usados diariamente, não conseguem atingir e nem repor em quantidades suficientes as perdas de fibras e o colágeno nas camadas mais profundas da pele, embora tragam benefícios na manutenção do tratamento e nos cuidados do dia a dia.

29/06/2016 - 13:29

Conecte-se

Revista Manequim