Aprenda a fazer um amigurumi de Natal

A paulistana Marta Matui fala sobre a divertida arte dos amigurumis, as esculturinhas de crochê ótimas para enfeitar a casa ou presentear os amigos no Natal. E ensina a fazer a "rena do nariz vermelho"

Texto: Marcela Rodrigues

A arte é perfeita para deixar a decoração natalina mais charmosa | <i>Crédito: Julia Rodrigues
A arte é perfeita para deixar a decoração natalina mais charmosa | Crédito: Julia Rodrigues
Não há quem resista à fofura dos amigurumis, os bichinhos feitos de crochê que são uma tradição milenar japonesa. Eles ressurgiram na década de 1980 e, atualmente, estão fazendo o maior sucesso. E é fácil entender o porquê: além de deixar qualquer ambiente mais divertido, eles funcionam como um presente exclusivo e cheio de personalidade. Não à toa, são a paixão da diretora de criação paulistana Marta Matui, crocheteira por hobby desde os 10 anos de idade. “Aprendi com a minha avó e nunca mais parei de fazer, mas, de uns anos para cá, comecei a ter o desejo de fazer coisas mais autorais e a usar o trabalho manual como forma de expressão”, conta Marta. Pesquisando inspirações na internet, ela se deparou com os amigurumis no Pinterest, uma rede social que reúne milhares de fotografias. Empolgada e com o objetivo de aprender a técnica, começou a assistir a diversos vídeos no site YouTube até pegar o jeito.



CRIATIVIDADE 

“No começo eu copiava as receitas na íntegra. Com o tempo, passei a dar o meu toque pessoal e a criar peças exclusivas”, conta. Segundo a artesã, o que a apaixona na técnica é que ela exige perfeição. “O ponto é simples, porém, precisa ser bem fechado e simétrico para que a espuma usada para preencher a escultura não fique aparente e com aspecto desleixado”, diz.

IDEIA DE NATAL: RENA DO NARIZ VERMELHO 

Os amigurumis funcionam como um item decorativo superdivertido e que dão um toque de alegria à casa. Atualmente, Marta é fã dos que lembram animais empalhados. Seu xodó no momento é a Rena de Nariz Vermelho, que ela criou especialmente para este natal. e o melhor: ela resolveu dividir com Manequim a receita deste amigurumi. 



22/12/2016 - 15:05

Conecte-se

Revista Manequim