Patagônia Argentina: de tirar o fôlego

A região é perfeita para amantes da natureza que gostam de aventura, mas não abrem mão de viajar com conforto. Confira as atrações, planeje as férias e aproveite nossas dicas!

Manequim Digital

imagem manequim 1 | <i>Crédito: Divulgação
imagem manequim 1 | Crédito: Divulgação
A Patagônia Argentina abriga dois lugares dignos de cenário de filme: Ushuaia, também conhecida como Terra do Fim do Mundo, e El Calafate, que reúne algumas das maiores geleiras do planeta. Ushuaia fica na província da Terra do Fogo e, apesar de ter pouco mais de 100 anos, já possui uma rica história. Suas paisagens repletas de lindos bosques, montanhas, rios e lagos são de tirar o fôlego. O clima por lá é frio o ano inteiro, mas para quem gosta de esquiar e andar de trenó é perfeito no inverno. Mergulhos e safáris fotográficos completam o roteiro local. O safári, que rende registros fantásticos para o álbum de viagem, é realizado em áreas preservadas e de proteção ambiental, como o Canal de Beagle e o Parque Nacional da Terra do Fogo, a principal atração turística de Ushuaia. A visita aos lagos Escondido e Fagnano também é imperdível. Para as crianças, um passeio interessante é o Trem do Fim do Mundo, que antigamente pertencia ao presídio local. Ushuaia possui excelente rede hoteleira, gastronomia sofisticada (experimente o cordeiro patagônico!) e é um convite às compras, pois os produtos são livres de impostos. Em El Calafate, o visual das geleiras surpreende. Batizado com o nome de um arbusto da região, o calafate, o destino engloba grande parte do Parque Nacional Los Glaciares, onde está o colossal e impressionante Perito Moreno.


Glaciares: veja de perto
A famosa geleira Perito Moreno tem aproximadamente 250 quilômetros quadrados de superfície – um pouco maior do que a área da cidade de Buenos Aires – e cinco quilômetros de extensão, com paredões de até 70 metros de altura. Quando algum bloco se desprende e toca a água, é possível ouvir um enorme barulho. O fenômeno acontece no Parque Nacional Los Glaciares e é a atração mais esperada pelos turistas. O minitrekking, uma caminhada com cerca de uma hora e meia de duração pela margem oeste do glaciar, é a melhor opção para quem quer andar sobre a geleira.


Emoção ao ar livre
As principais atrações da região giram em torno de atividades outdoor, como a visita à Laguna Nimez, uma reserva que abriga mais de 100 tipos de aves coloridas. É o passeio ideal para entrar em contato direto com a natureza. Na Estancia Cristina, a aventura começa logo de cara. Ao chegar, é preciso atravessar as águas azuladas do braço norte do imponente Lago Argentino. Com caminhadas guiadas e paisagem deslumbrante, é um lugar que não pode faltar no seu roteiro de viagem.

22/05/2015 - 17:00

Conecte-se

Revista Manequim